Na gravidez, a mulher sente mais fome já que seu corpo tem que fornecer nutrientes para o desenvolvimento do bebê. Por conta disso, há uma sobrecarga no sistema cardiorrespiratório, deve-se aumentar o estoque de gordura, então a futura mamãe deve se preparar durante os nove meses.
gravidez-fomeÉ claro que a mulher deverá incrementar o cardápio, mas isso não significa que deve “comer por dois”. É necessário comer cerca de 300 calorias a mais por dia, mas que deve vir de uma alimentação equilibrada e rica em legumes, verduras, frutas e carnes magras.

Gravidez não é desculpa para engordar
Muitas mulheres ganham peso demais durante a gestação porque, além de sentirem mais fome e estarem mais ansiosas, usam a gravidez como desculpa para comer mais. Além disso, as pessoas acabam oferecendo mais comida para a grávida, porque também têm a visão de que ela deve se alimentar por ela e pelo bebê. É realmente muito difícil fugir das tentações.

Mas muito cuidado com isso: os quilinhos extras podem trazer problemas como diabetes e pré-eclâmpsia, que é caracterizada pelo aumento da pressão arterial e inchaços e pode trazer sérios riscos para a saúde da mamãe, do bebê e até ocasionar um parto prematuro. Além disso, a obesidade pode desencadear doenças congênitas para o filho. Há ainda os famosos desejos de grávida. Uma escapadinha uma vez ou outra não tem problema, mas não é porque a mulher está esperando bebê que pode se descontrolar com a alimentação, abusando de doces e comidas gordurosas.

Como controlar a fome
Então como comer mais na gravidez sem ganhar muito peso? Fazendo pequenas porções ao longo do dia, de seis a oito refeições, com alimentos saudáveis. Substitua os doces por frutas e gelatina, as frituras por assados e grelhados. como-lidar-com-a-fome-e-desejos-durante-a-gravidez49-thumb-570-jpg-pagespeed-ce-_pda3chxpkAlém disso, consuma pães e massas com moderação. De vez em quando, pode comer um docinho, um chocolate, mas sem exagero. Tome muita água e sucos naturais e esqueça os refrigerantes, café e bebidas alcoólicas. Dê preferência para refeições feitas em casa e evite congelados e fast food, que contém mais sal e conservantes.

O ideal é que a mulher engorde de 9 a 13 quilos durante toda a gestação. Dessa forma, vai ficar fácil perder os quilos a mais logo depois do parto. Caso a gestante tenha engordado demais, pode ficar descontente com a forma física depois do nascimento do bebê e pode até entrar em depressão. Agora, se não houve excessos, com a amamentação, que aumenta o gasto energético, muitas mamães acabam ficando até mais magras do que antes de engravidar e aí também precisam ter uma dieta rica em nutrientes. Outra dica para controlar a balança é fazer uma atividade física moderada. Converse com o seu médico e veja o que você pode fazer. Se a gestante já fazia algum exercício ou praticava algum esporte, é provável que o obstetra recomende que ela continue com a atividade, caso a gravidez esteja transcorrendo sem problemas. Se a mamãe era sedentária, pode fazer caminhadas, hidroginástica e yoga, tudo com a liberação do médico.

Fonte: mamaeonline.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *